cead20136

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Inequação de 2º grau

Inequação do 2º grau na variável x é uma expressão matemática de desigualdade escrita nas seguintes formas redutíveis:

ax² + bx + c > 0
ax² + bx + c < 0 ax² + bx + c ≥ 0 ax² + bx + c ≤ 0 onde a, b e c pertencem ao conjunto dos números reais e a ≠ 0. A obtenção do conjunto solução das inequações deve ser determinado de acordo com o sinal de cada função. A seguir determinaremos o estudo do sinal de algumas funções. Exemplo 1 x² – 6x + 8 < 0 ∆ = 4 (duas raízes distintas) x’ = 2 x” = 4 Estudando o sinal da função y = x² – 6x + 8, que possui a > 0. Observe o gráfico:





y < 0 → 2 < x < 4 y = 0 → x = 2 ou x = 4 y > 0 → x < 2 ou x > 4

De acordo com o sinal de desigualdade da inequação, o conjunto solução é: S = {x Є R / 2 < x < 4}. Exemplo 2 x² – 6x + 9 > 0
∆ = 0 (uma única raiz real)

x’ = x” = 3

Estudando o sinal da função y = x² – 6x + 9, com a > 0. Veja o gráfico:




y > 0 → x ≠ 3
y < 0 → não existem valores y = 0 → x = 3 Portanto, o conjunto solução da inequação é: S = R – {3} Exemplo 3 –3x² – 2x – 1 ≥ 0 ∆ = – 8 (não possui raízes reais)


Nesse caso, a parábola não intercepta o eixo x, portanto não possui raízes reais. Dessa forma concluímos que o conjunto solução é: S = Ø.


Exemplo 4
–x² –3x – 2 ≤ 0
∆ = 1 (duas raízes reais e distintas)

x’ = –1 ou x” = –2

Estudando o sinal da função y = –x² – 3x – 2, com a < 0. Observe o gráfico:

y ≥ 0 → –2 ≤ x ≤ –1
y = 0 → x = –2 ou x = –1
y ≤ 0 → x ≤ –2 ou x ≥ –1
extraido de www.mundoeducacao.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário