Pesquisar no blog

Carregando...

Pesquisar na net

Custom Search

cead20136

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Polinômios

O mínimo múltiplo comum de números naturais ou de polinômios será encontrado através da comparação dos fatores de cada fatoração, ou seja, o mmc de um número natural ou de um polinômio é a multiplicação dos fatores sem repetir os comuns, levando em consideração os de maior expoente.


Exemplo: Ao calcularmos o mmc de 8 e 18 é preciso fatorar o 8 e o 18 em fatores primos, ficando da seguinte forma:

8 = 2 * 2 * 2 = 23. Sendo 23 o único fator dessa fatoração.

18 = 2 * 3 * 3 = 2 * 32. Sendo 2 e 32 os fatores dessa fatoração.

Os fatores comum são 23 e 2, dessa forma consideramos o 23. Assim, o mmc de 8 e 18 será igual a 23 * 32 = 72.

Exemplo: mmc de 9xy e 12 xy2. Fatoramos separadamente cada monômio.

9xy = 32 * x * y. Sendo 32 e x e y os fatores dessa fatoração.

12xy2 = 22 * 3 * x * y2. Sendo 22 e 3 e x e y2 os fatores dessa fatoração.

Os fatores comum são 32 e 3, x e x, y e y2, seguindo a regra iremos considerar 32, x, y2.
Dessa forma, podemos dizer que o mmc de 9xy e 12xy2 é igual a 32 * 22 * x * y2 = 36xy2.

Exemplo: mmc de x2 + 1 e x2 – 2x + 1. Fatoramos separadamente cada polinômio.

x2 – 1 = (x + 1) * (x – 1)

x2 – 2x + 1 = (x – 1)2

Os fatores comum são (x – 1)2 e (x – 1), seguindo a regra iremos considerar (x – 1)2. Dessa forma, podemos dizer que o mmc de x2 + 1 e x2 – 2x + 1 é igual a (x + 1) * (x –1)2.

A utilização do MMC de polinômios está diretamente ligada às resoluções de equações fracionárias algébricas, pois esse tipo de equação traz em seu denominador monômios, binômios, trinômios ou polinômios. Dessa forma, se uma equação fracionária algébrica apresentar denominadores diferentes, utilizaremos o MMC de polinômios. Observe uma aplicação do mmc de polinômios na resolução de uma equação.

Exemplo 1


Exemplo 2

Nenhum comentário:

Postar um comentário

co

assine o feed

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Widget Códigos Blog modificado por Dicas Blogger