cead20136

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Aracnídeos



Colégio Estadual Dinah Gonçalves
email accbarroso@hotmail.com


Escorpião, carrapato, opilião e aranha: alguns representantes da Classe Arachnida


O Filo Arthropoda abriga, entre outros, o Subfilo Chelicerata. Indivíduos desse grupo apresentam, geralmente, corpo dividido em cefalotórax e abdome. Possuem um par de quelíceras, quatro pares de pernas, olhos simples e órgãos táteis e olfativos. Além disso, não possuem antenas nem mandíbulas.

Os quelicerados são classificados em algumas classes, sendo a Arachnida uma delas. Nesta, escorpiões, aranhas, opiliões, ácaros e carrapatos são seus representantes. Quase em sua totalidade, os indivíduos desta classe são terrestres.

Carrapatos e opiliões possuem o cefalotórax e abdome fundidos. Nas aranhas, há fiandeiras nesta região que são responsáveis pela confecção de suas teias. Escorpiões têm pré-abdome e pós-abdome (ou cauda): é na extremidade deste último onde se localiza o aguilhão, região onde o veneno é armazenado.

O segundo par de pernas dos opiliões funciona como antenas, usadas para reconhecer o ambiente. A maioria destes é onívora, manipulando os alimentos com o auxílio de quelíceras e pedipalpos. Essas últimas estruturas são apêndices sensoriais que, nos escorpiões, são utilizadas como preensoras e, em alguns machos desta classe, pode atuar como órgãos de cópula.

Escorpiões, opiliões e aranhas têm digestão extracorpórea, secretando enzimas digestivas no alimento para depois sugá-lo. Carrapatos são, geralmente, hematófagos. Ácaros podem ser herbívoros ou detritívoros, se alimentam de escamas de pele.

Esses animais segmentados têm respiração traqueal, sendo que algumas aranhas maiores possuem esta estrutura modificada (filotraqueia). A excreção é feita via túbulos de Malpighi, sendo eliminada pelas glândulas coxais.

A reprodução da maioria destes animais é sexuada, com fecundação interna. Aranhas, escorpiões e opiliões têm desenvolvimento direto. Ácaros, indireto.

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia
Equipe Brasil Escola

Nenhum comentário:

Postar um comentário