cead20136

sábado, 10 de dezembro de 2016

Cinética Escalar

A cinética escalar é um ramo das partes da mecânica que estuda o movimento dos corpos sem se importar com suas causas.
Ela está dividida em:

Ponto Material: são os corpos que possuem dimensões incapazes de interferir em estudos de determinado fenômeno.

Corpo extenso: não possui dimensões desprezíveis em relação a um referencial.

Referencial: corpo ou ponto que tomamos como referência para a análise de determinado fenômeno.

Repouso: o corpo se encontra em repouso sempre que sua posição não mudar em relação a dado referencial.

Movimento: considera-se o corpo em movimento quando este se desloca em relação a um dado referencial, quando muda sua posição no decorrer do tempo.

Nota: é interessante ressaltar que não existem repouso e movimento absolutos, o que os torna relativos por dependerem sempre de um referencial.

Trajetória: é a linha formada por todas as posições ocupadas pelo corpo durante seu movimento. Ela também depende do referencial adotado.

De acordo com a trajetória, os movimentos são divididos em dois:

Movimento retilíneo – trajetória em linha reta.

Movimento curvilíneo – no qual a trajetória é uma curva.

Posição Escalar: é a medida da distância entre o corpo e a origem das posições num determinado instante.

Deslocamento Escalar (S): diferença algébrica entre os espaços em que o corpo chega e sai, considerando seus sinais.

Caminho Percorrido: é a soma dos valores absolutos dos deslocamentos parciais, ou seja, a soma de todos os deslocamentos realizados pelo móvel.

Velocidade escalar média (Vm): é a rapidez com que o móvel realiza determinado percurso. É representada matematicamente pela equação:



Onde:
Vm = velocidade média (m/s)
Δs = variação do espaço (m)
Δt = variação do tempo (s)

Velocidade escalar instantânea: velocidade do móvel num determinado tempo (instante).

Movimento Uniforme: quando um móvel pode manter sua velocidade escalar constante, tanto em movimentos retilíneos quanto em movimentos curvilíneos.

Função horária das posições: na verdade, a função horária das posições é a equação matemática que fornece a posição do corpo em determinado instante sobre uma trajetória. Sua representação matemática é:

Onde:
S = espaço final (m)
So = espaço inicial (m)
v = velocidade (m/s)
t = tempo (s)

Gráficos do movimento uniforme e suas posições: os gráficos são meios capazes de relacionar a equação matemática com as grandezas relacionadas ao movimento.

Já as posições são o estudo dos movimentos realizados pelo móvel, podendo ser progressivo ou retrógrado.

Aceleração escalar média: é a relação entre a variação de velocidade e tempo.

Onde:
am = velocidade média (m/s)
Δs = variação da velocidade (m)
Δt = variação do tempo (s)

Aceleração escalar instantânea: que corresponde apenas a um instante dado, ou seja, a um tempo único que não varia.

Movimento Uniformemente Variado: quando sua velocidade varia de acordo com o tempo, em relação a dado referencial.

Equação de Torricelli: responsável pela relação entre velocidade e espaço percorridos no movimento uniformemente variado.

Por Talita A. Anjos
Graduada em Física

Nenhum comentário:

Postar um comentário