cead20136

domingo, 4 de setembro de 2016

Orca


Colégio Estadual Dinah Gonçalves
email accbarroso@hotmail.com


A Orca (Orcinus orca), popularmente conhecida ao redor do mundo como ”Killer Whale”, ou baleia assassina em português, é um mamífero marinho pertencente a ordem dos cetáceos e subordem dos odontocetos. Este grande golfinho pertence a família Delphinidae e está amplamente distribuída ao redor de todo o mundo, porém ainda se conhece muito pouco de suas populações.
Orca
Orca
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Cetacea
Subordem: Odontoceti
Família: Delphinidae
Gênero: Orcinus
Espécie: Orcinus orca

A origem do nome baleia assassina é devido a seu tipo de alimentação. Alguns grupos deste animais se especializaram em se alimentar além de peixes, cefalópodes, crustáceos e de pequenos mamíferos como pinípedes, aves, golfinhos e filhotes de baleias. Este comportamento alimentar que não é padrão para os outros odontocetos.

As Orcas possuem comprimento de corpo de até 9 metros para os machos e de 7 metros para as fêmeas, existindo desta forma um dimorfismo sexual em relação ao tamanho do corpo. Outra característica de dimorfismo é o tamanho da nadadeira dorsal dos machos que é maior que as das fêmeas da espécie. O peso corporal das fêmeas pode ser em média quando adultas de 4700kg, sendo que os indivíduos machos possuem cerca de 6500kg de peso corporal.

Estes animais são reconhecidos através de sua distinta coloração que é preta com uma mancha branca em seu dorso. Seu ventre possui coloração branca e em cima dos olhos possuem um ponto esbranquiçado.

Através de estudos realizados no Norte do Pacífico, verificou-se a existência de três ecótipos desta espécie, que são divididos em animais residentes, transientes e oceânicos. Este ecótipos identificados nesta região de estudo possuem diferenças na área de ocupação, diferenças na vocalização, diferenças alimentares e padrões de forrageio além de caracteres morfológicos e genótipos. Os animais residentes se alimentam preferencialmente de peixes. Os transientes se alimentam preferencialmente de mamíferos marinhos e os oceânicos se alimentam tanto de teleósteos e mamíferos marinhos, mas sua especialidade é caçar tubarões.

Provavelmente a Orca é o golfinho mais cosmopolita dentre todos os cetáceos, podendo ser encontrados em diversas áreas do globo. Ocorre em todos os oceanos e mares desde o equador até regiões polares. Porém, sua distribuição preferencial se encontra em áreas costeiras e locais que possuem ambientes onde a produtividade é alta.

Segundo os dados disponíveis, acredita-se que a estimativa de abundância populacional desta espécie é de valores de 50.000 indivíduos ao longo do globo.

A gestação destes animais pode durar cerca de 15 a 18 meses, sendo que as fêmeas se tornam aptas a reprodução quando possuem cerca de 12 a 14 anos de idade. A média de vida deste incríveis animais do necton é de cerca de 50 anos, podendo chegar a valores de 90 anos de idade.

A Orca e sua coloração natural (Ilustração: Wurtz-Artescienza *)

As orcas possuem uma importante estruturação social de grupos, baseado em uma estrutura matriarcal em suas unidades. Estas unidades sociais matriarcal das orcas, consiste de baleias de duas ou três gerações. Os membros de cada nível de grupo é tipicamente estável para aquelas orcas pertencentes a categoria dos residentes.

As orcas foram alvo de caça durante muitos anos em diversas regiões na qual ocorrem. Entre os anos de 1938 e 1981 na Noruega, estudos sugerem que mais de 50 animais eram capturados por ano. Os japoneses entre 1946 a 1981 capturava mais de 40 animais por ano. Atualmente existem leis internacionais que protegem estes animais porém em alguns países esta espécie ainda sofre de capturas acidentais em pescarias costeiras como no Japão, Groelândia, Indonésia e Ilhas do Caribe.

Referências:
Reeves R. R.; Smith B. D., Crespo E. A., Notarbartolo di Sciara G (2003) Dolphins, whales and porpoises: 2002-2010 Conservation Action Plan for the world’s cetaceans. IUCN/SSC Cetacean Specialist Group, Gland, Switzerland and Cambridge, UK.

Rice D. W. (1998) Marine mammals of the world: systematics and distribution. Society for Marine Mammalogy, Spec Pub 4, Lawrence, KS. USA.

* http://www.cms.int/reports/small_cetaceans/data/o_orca/o_orca.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário