cead20136

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Sistema Reprodutivo dos Cnidários

Colégio Estadual Dinah Gonçalves
email accbarroso@hotmail.com


Os cnidários, também conhecidos como celenterados, são animais aquáticos que se reproduzem de modo sexuado e assexuado.

Quando o animal se encontra na fase de medusa, ocorre a reprodução sexuada, com exceção dos corais e anêmonas-do-mar (antozoários), das hidras e outras poucas espécies que nunca desenvolvem. Nessa fase, os machos e as fêmeas liberam os seus gametas sexuais na água, encontrando-se e conjugando-se nesse local, originando o zigoto; existem espécies onde esse encontro ocorre na cavidade gástrica.

As larvas pelágicas, denominadas plânulas (ciliadas), saem dos ovos e ao encontrarem um substrato, se fixam virando pólipos. Em certos cnidários, como os corais, a fase de pólipo é a definitiva.

A reprodução assexuada ocorre na fase de pólipo, quando há a formação de replicas miniaturas de si mesmos, por meio de evaginação de sua parede, que recebe o nome de gomos. Já no caso dos corais, estes novos pólipos formam o seu “esqueleto” e permanecem fixos, contribuindo para o aumento da colônia.

Todavia, em determinados casos, os gomos acabam por dividirem-se em discos sobrepostos, por meio de um processo conhecido como estrobilação, sendo esta também é outra forma de reprodução do tipo assexuada. Esses discos se libertam e originam medusas pequenas, denominadas efírias que crescem e podem se reproduzir de forma sexuada.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cnidários
http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Reinos2/biocnidario.php
http://poriferosecnidarios.no.comunidades.net/
http://www.emc.maricopa.edu/faculty/farabee/biobk/biobookdiversity_7.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário