cead20136

sábado, 5 de novembro de 2016

Equação de 1º grau


Professor de Matemática e Ciências Antonio Carlos Carneiro Barroso

Colégio Estadual Dinah Gonçalves www.accbarrosogestar.wordpress.com

email accbarroso@hotmail.com


As equações do primeiro grau são aquelas que podem ser representadas sob a forma ax+b=0,em que a e b são constantes reais, com a diferente de 0, e x é a variável. A resolução desse tipo de equação é fundamentada nas propriedades da igualdade descritas a seguir.



Adicionando um mesmo número a ambos os membros de uma equação, ou subtraindo um mesmo número de ambos os membros, a igualdade se mantém.



Dividindo ou multiplicando ambos os membros de uma equação por um mesmo número não-nulo, a igualdade se mantém.

Exemplo:
equacao2.gif


Vejamos alguns exemplos:

Seja a equação:
cachorro1.gif


Seja a equação:
cachorro3.gif


Seja a equação:
cachorro5.gif


Membros de uma equação



Numa equação a expressão situada à esquerda da igualdade é chamada de 1º membro da equação, e a expressão situada à direita da igualdade, de 2º membro da equação.



Exemplo: - 3x + 12 = 2x - 9

1º membro 2º membro

Cada uma das parcelas que compõem um membro de uma equação é chamada termo da equação.

4x – 9 = 1 – 2x

termos

Variável (ou incógnita) de uma equação:
Os elementos desconhecidos de uma equação são chamados de variáveis ou incógnitas.
Exemplos:
A equação x + 5 = 18 tem uma incógnita: x
A equação x – 3 = y + 2 tem duas incógnitas: x e y
A equação a² – 3b + c = 0 tem três incógnitas: a, b e c
Cada um dos valores que, colocados no lugar da incógnita, transformam a equação em uma sentença verdadeira é chamado de raiz da equação. Para verificarmos se um dado número é ou não raiz de uma equação, basta substituirmos a incógnita por esse número e observarmos se a sentença obtida é ou não verdadeira.
1º exemplo: verificar se três é raiz de 5x – 3 = 2x + 6
cachorro6.gif


2º exemplo: verificar se -2 é raiz de x² – 3x = x – 6
cachorro7.gif


O princípio aditivo e o princípio multiplicativo servem para facilitar o entendimento da solução de uma equação, mas para resolvê-la existe um método simples e prático que é o seguinte:

Resolver a equação 5x – 8 = 12 + x

Colocamos no primeiro membro os termos que apresentam variável, e no segundo membro os termos que não apresentam variável. Os termos que mudam de membro tem os sinais trocados.

5x – 8 = 12 + x

5x – x = 12 + 8

Calculamos a somas algebricas de cada termo.

4.x = 20

Quando se passa de um membro para o outro usa-se a operação inversa, ou seja, o que está multiplicando passa dividindo e o que está dividindo passa multiplicando. O que está adicinando passa subtraindo e o que está subtraindo passa adicionando. O número 4 no primeiro membro está multiplicando o x então ele passará dividindo no segundo membro.

eq21.gif

Exercícios resolvidos:
1) Resolver a equação:
2( x + 5 ) - 3( 5 – x ) = 5
Nesse tipo de equação, devemos inicialmente, retirar os parênteses, aplicando a propriedade distributiva da multiplicação e a regra de eliminação de parênteses.
cachorro9.gif


  1. Resolver a equação:
cachorro10.gif

Para eliminar os denominadores multiplicamos todos os termos da equação pelo m.m.c. dos denominadores


3) Resolução da equação:
cachorro12.gif

Nessa equação, inicialmente reduzimos todas as frações ao mesmo denominador, e a seguir cancelamos esses denominadores

m.m.c ( 3, 2, 6 ) = 6
3, 2, 6 2
3, 1, 3 3
1, 1, 1 2 . 3 = 6

cachorro13.gif

4) Resolver a equação:
cachorro16.gif

m.m.c ( 2, 3, 4 ) = 12
Efetuando as multiplicações:
cachorro14.gif

Multiplicando os dois membros da equação pelo m.m.c dos denominadores, que é 12, vem:
cachorro18.gif
cachorro20.gif
cachorro21.gif

Resolvendo a mesma equação pelo método da eliminação dos denominadores:
cachorro22.gif
cachorro21.gif

5) Resolver a equação:
cachorro24.gif
equaaox.gif

6) Resolver a equação:
equaaoa.gif

m.m.c ( 2, 3, 4, 5, 7 ) = 420
equaaob1.gif
equaaoc1.gif
equaaod1.gif
equaaoe.gif

7) Quando o número x na equação ( k – 3 ).x + ( 2k – 5 ).4 + 4k = 0 vale 3, qual será o valor de K?
( k – 3 ).3 + ( 2k – 5 ).4 + 4k = 0
3k – 9 + 8k – 20 + 4k = 0
3k + 8k + 4k = 9 + 20
15k = 29
equaaof1.gif

8) De o conjunto solução das equações literais do primeiro grau ( em R )
a) ax + bx + c = 2a + 2b + c
ax + bx = 2a + 2b + c – c
x( a + b ) = 2a + 2b
equaaog.gif

se a -b e b ≠ -a

b) ( a + x )² = ( a + 3 + x )( a – 2 + x )

a² + 2ax + x² = a² – 2a + ax + 3a – 6 + 3x + ax – 2x + x²

2ax + x² – ax – 3x – ax + 2x – x² = - a² + a² – 2a + 3a – 6

x(2a – a – 3 – a + 2) = a – 6

x(-1) = a – 6
equaaoh1.gif

Equação sem solução
Às vezes, uma equação não tem solução para um certo universo de números. Nesse caso, dizemos que ela é impossível ou que a solução é vazia.
Exemplo: resolver a equação.
equaaoj.gif

Não existe nenhum número que multiplicado por 0 que resulte em 2.

Equação com infinitas soluções

Há casos em que todos os números do universo considerado são raízes da equação. Dizemos que ela tem infinitas soluções.
Exemplo: resolver a equação
equaaok.gif

Como qualquer número multiplicado por zero é igual a zero, a equação tem infinitas soluções.
http://quimsigaud.tripod.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário