cead20136

sábado, 10 de setembro de 2016

Chuva ácida

Chuva ácida

Líria Alves




Consequência da chuva ácida
Poluentes gerados pela queima de carvão, combustíveis fósseis e poluentes industriais, sendo os mais comuns: dióxido de enxofre (SO2) e de nitrogênio (NO2), se acumulam na atmosfera e dão origem às chuvas ácidas.

Os óxidos SO2 e NO2, uma vez presentes na atmosfera, se combinam com vapor d’água e dão origem aos compostos: ácido sulfúrico (H2SO4) e ácido nítrico (HNO3). Ambos são responsáveis pelo aspecto ácido das chuvas.

Esse tipo de chuva é altamente perigoso, em razão do impacto ambiental causado. A começar pelo solo onde elas caem, a acidez altera a composição química do solo e das águas. Plantas e animais ficam prejudicados, a chuva atinge tecidos vivos e destrói florestas e lavouras.

E não pense que morando na cidade você escapa desse perigo. As chuvas ácidas corroem estruturas metálicas, monumentos históricos (estátuas de mármore), edificações, entre outros.

A ação corrosiva do ácido sulfúrico é capaz de diluir metais, pedras, papel, tecidos de algodão, madeira, açúcar e outros materiais em virtude de sua ação energética (desidratante).

O ácido nítrico é tóxico e, assim como o ácido sulfúrico, é corrosivo e causa vários danos à natureza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário