cead20136

Pesquisar no blog

Carregando...

Pesquisar na net

Custom Search

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

O Dia Nacional da Matemática

NO DIA DA MATEMÁTICA, A MATEMÁTICA DO DIA A DIA.Reflexões e sugestões do Professor Mário Tourinho.
Aproxima-se 06 de maio, data dedicada à comemoração do Dia da Matemática. Não vejo hipótese de uma data como esta ser reverenciada fora da sala de aula. Não vejo sentido em se pensar qualquer atividade celebrativa para este dia, sem que estejam envolvidos diretamente os nossos alunos. Assim como a própria Matemática, é uma questão de lógica.

Defendo minhas afirmações apoiando-me nas seguintes perguntas: Sabemos das dificuldades de nossos alunos (e da população em geral) no que diz respeito à disciplina? Sabemos as causas dessas dificuldades? Esta data pode ser uma oportunidade para modificar o olhar de muitas pessoas em relação à Matemática?

Se você respondeu sim aos três questionamentos, então você concorda, logicamente, que a melhor maneira de desmistificar a Matemática é fazendo com que as pessoas compreendam a natureza prática e útil da disciplina e percebam a presença cotidiana dos conhecimentos matemáticos em suas vidas.

Todos aqueles que têm “ódio”, “medo”, “pavor”, “indiferença” ou até “pânico” da Matemática, certamente tem uma história ruim para contar sobre a matéria. Em geral estas histórias relatam falta de oportunidade, falta de respeito, falta de paciência, carência na formação (do aluno e do professor), falta de material escolar, falta de infraestrutura educacional, enfim, uma série de razões que findam por desestimular o aluno na compreensão e no estudo de um conteúdo tão específico e tão importante para o seu desenvolvimento e para a prática da cidadania. A baixa autoestima dos alunos e dos cidadãos, por conseguinte, é flagrante: “não sei Matemática”, “não gosto de Matemática”, “sou burro em Matemática”, e outras declarações semelhantes, são comuns na sociedade em geral e no ambiente escolar.

Malba Tahan foi o precursor da Educação Matemática. Foi quem primeiro trabalhou com a História da Matemática. Defendeu a valorização do raciocínio na resolução de problemas matemáticos, sem o uso mecânico de fórmulas, além de utilizar atividades lúdicas para facilitar o estudo. Muito antes de se falar em interdisciplinaridade ele já se preocupava com a unificação das ciências. Malba Tahan, para quem não se lembra, é o pseudônimo Júlio César de Mello e Souza, um genial professor, educador, pedagogo, escritor e conferencista brasileiro, nascido no Rio de Janeiro em 6 de maio de 1895. Em homenagem a ele, 06 de maio é o Dia da Matemática.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

co

assine o feed

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Widget Códigos Blog modificado por Dicas Blogger