cead20136

sábado, 10 de setembro de 2016

Campos

Campos

Wagner de Cerqueria e Francisco




Aspectos do bioma campos
Campos é um bioma caracterizado pela presença de vegetação rasteira, herbáceas, gramíneas e pequenos arbustos esparsos com características diversas, conforme a região. No Brasil, esse bioma está presente em áreas descontínuas, sendo encontrado em duas porções do território: no norte da Amazônia (campos de terra firme) e na região Sul, em especial no Rio Grande do Sul (campos limpos).

Sua classificação ocorre da seguinte forma:

Campos limpos – Coberto por plantas herbáceas, predominando as gramíneas.

Campos sujos – Formada por uma área com bastante gramíneas, arbustos e subarbustos esparsos.

Campos de altitude – Compreende a serra da Mantiqueira. São regiões onde a altitude supera os 1.400 metros. Sua vegetação apresenta características em comum com a Tundra.

Campos da hileia – Também chamado de campos da várzea, o campos da hileia fica inundado nos períodos das cheias dos rios. É um tipo de formação rasteira encontrado na Amazônia, como a ilha de Marajó, por exemplo.

Campos meridionais – Composto por uma extensa área com gramíneas, é uma região muito utilizada para a agropecuária.

O bioma na região Sul também é conhecido como pampas gaúchos, apresentando clima subtropical, região plana de vegetação aberta de pequeno porte, com elevadas temperaturas no verão; no inverno, as temperaturas sofrem significavas reduções. As chuvas são bem distribuídas pela região e ocorrem com regularidade. A biodiversidade animal não é muito rica em espécies, os mais comuns são: marreco, arara-azul, capivara, veado, onça-pintada, ema, gato-palheiro, jaguatirica, tamanduá-bandeira, gato-maracajá, garça, lontra e cateto.

A vegetação campestre forma um tapete herbáceo com menos de 1 metro, com pouca variedade de espécies. Existem espécies endêmicas, sendo, portanto, exclusivas dos campos. Destacam-se a cabreúva, canafístula, açoita-cavalo, cedro, tarumã, erva-mate e jabuticabeira.

Esse bioma, por apresentar características propicias para a agropecuária (solos férteis, terrenos planos, bons índices pluviométricos, etc.), está sendo destruído pelo desenvolvimento de atividades humanas e o intenso uso de máquinas agrícolas pesadas. A pecuária extensiva e o plantio de soja, milho, trigo e arroz são os principais responsáveis pela redução da fertilidade do solo, desmatamentos, erosão e desertificação no bioma campos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário