cead20136

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Conjugação dos verbos irregulares - 3ª conjugação

3ª conjugação - caso A
Modelos: servir e dormir
INDICATIVO SUBJUNTIVO IMPERATIVO
PresentePresente
Afirmativo
Negativo
sirvo
serves
serve
servimos
servis
servem
sirva
sirvas
sirva
sirvamos
sirvais
sirvam

serve
sirva
sirvamos
servi
sirvam

não sirvas
não sirva
não sirvamos
não sirvais
não sirvam
durmo
dormes
dorme
dormimos
dormi
dormem
durma
durmas
durma
durmamos
durmais
durmam

dorme
durma
durmamos
dormi
durmam

não durmas
não durma
não durmamos
não durmais
não durmam

Observações:
1) Seguem o modelo de servir os verbos da 3ª conjugação que têm e gráfico no Infinitivo. Assim:

aderir
advertir
aferir
compelir
competir
conferir
convergir
deferir
desferir
despir
digerir
discernir
divergir
ferir
inferir
ingerir
inserir
preferir
referir
refletir
repelir
repetir
seguir
sugerir
vestir

e também mentir e sentir. Excetuam-se, no entanto:

a) os verbos medir, pedir, despedir e impedir, que apresentam e semi-aberto em todas as formas rizotônicas do Presente do Indicativo e, por conseguinte, nas do Presente do Subjuntivo e dos Imperativos Afirmativo e Negativo: meço, medes, mede, medem; meça, meças, meça; meçam, etc.; peço, pedes, pede, pedem; peça, peças, peça, peçam, etc.

b) os verbos agredir, denegrir, prevenir, progredir, regredir e transgredir, que apresentam i nas quatro formas rizotônicas do Presente do Indicativo, em todo o Presente do Subjuntivo e nas formas dos Imperativos Afirmativo e Negativo dele derivadas:

INDICATIVO SUBJUNTIVO IMPERATIVO
PresentePresente
Afirmativo
Negativo
agrido
agrides
agride
agredimos
agredis
agridem
agrida
agridas
agrida
agridamos
agridais
agridam

agride
agrida
agridamos
agredi
agridam

não agridas
não agrida
não agridamos
não agridais
não agridam

2) Seguem o modelo de dormir os verbos da 3ª conjugação que têm o gráfico no Infinitivo: tossir, engolir, cobrir (e seus derivados, como descobrir, encobrir e recobrir). Excetuam-se, porém:

a) os verbos em que o o corresponde ao antigo ditongo ow, caso em que se conserva como o em toda a conjugação: ouço, ouves, ouve, etc.;

b) os verbos polir e sortir, que apresentam u nas formas rizotônicas, formas, aliás, de pouco uso: pulo, pules, pule, pulem; surto, surtes, surte, surtem.

3ª Conjugação - caso B
Modelos: frigir e acudir
INDICATIVO SUBJUNTIVO IMPERATIVO
PresentePresente
Afirmativo
Negativo
frijo
freges
frege
frigimos
frigis
fregem
frija
frijas
frija
frijamos
frijais
frijam

frege
frija
frijamos
frigi
frijam

não frijas
não frija
não frijamos
não frijais
não frijam
acudo
acodes
acode
acudimos
acudis
acodem
acuda
acudas
acuda
acudamos
acudais
acudam

acode
acuda
acudamos
acudi
acudam

não acudas
não acuda
não acudamos
não acudais
não acudam

Observações:
1) Seguem o modelo de acudir os seguintes verbos: bulir, consumir, cuspir, escapulir, fugir, sacudir, subir e sumir. Na língua corrente é também esta a conjugação dos verbos entupir e desentupir, que num registro mais culto apresentam, por vezes, as formas regulares entupo, entupes, entupe, entupem; desentupo, desentupes, desentupe, desentupem.

2) Os verbos construir, destruir e reconstruir, dependendo de uma maior ou menor formalização da linguagem, podem ser conjugados: construo, construis ou constróis, construi ou constrói, construem ou constroem, etc. Os outros derivados do latim struêre, como instruir e obstruir, só conhecem a conjugação regular: instruo, instruis, instrui, instruem; obstruo, obstruis, obstrui; obstruem.

3) Não apresentam alternância vocálica, isto é, conservam o u do radical em toda a conjugação, entre outros menos usuais, os verbos: aludir, assumir, curtir, iludir, influir, presumir, resumir, urdir e seus derivados.

Pelo modelo de influir conjugam-se os demais verbos terminados em -uir: anui, arguir, atribuir, constituir, destituir, diluir, diminuir, estatuir, imbuir, instituir, restituir, redarguir e ruir.

4) Os verbos aspergir e submergir têm e semifechado na 1ª pessoa do singular do Presente do Indicativo e, consequentemente, em todo o Presente do Subjuntivo. Na 2ª e 3ª pessoas do singular e na 3ª do plural, a exemplo de servir, apresentam e semiaberto.

Fonte: Nova Gramática do Português Contemporâneo, Celso Cunha e Lindley Cintra, Editora Nova Fronteira, 2ª edição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário