cead20136

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

O governo de Itamar Franco

Professor de Matemática no Colégio Estadual Dinah Gonçalves
E Biologia na rede privada de Salvador-Bahia
Professor Antonio Carlos carneiro Barroso
email accbarroso@hotmail.com
Extraído de http://www.alunosonline.com.br

O governo de Itamar Franco



Itamar Franco, "pai" do Plano Real, que estabilizou a economia brasileira.
No ano de 1990, iniciava-se uma nova fase na política brasileira: a retomada da Democracia. Em meio a uma grande crise econômica, Fernando Collor de Melo foi eleito presidente pelo voto direto. Propagando uma postura renovadora, Collor foi inserido num esquema de corrupção, organizado pelo tesoureiro de sua campanha, Paulo César Farias. Foi submetido a julgamento, e foi condenado, tendo seu mandato cassado e seus direitos políticos suspensos por oito anos. Seu vice, Itamar Franco, assumiu.

A principal medida adotada no governo Itamar foi a criação de um plano para barrar o crescimento da inflação: o Plano Real. Idealizado e organizado pelo Ministro da Fazenda (e posteriormente, Presidente da República) Fernando Henrique Cardoso, o Plano Real obteve êxito, reduzindo a inflação de 50% para 4%, em um mês. No dia 21 de abril de 1993, o Presidente Itamar Franco convocou um plebiscito para escolher a nova forma de governo: se manteria o presidencialismo e a república, ou se retornaria à monarquia e ao parlamentarismo. O regime republicano e presidencialista foi escolhido por uma maioria esmagadora dos votos.

Um fato curioso, acontecido no governo Itamar, foi sua sugestão à fábrica alemã Volkswagen, a retomar a fabricação do Fusca, carro muito popular nas décadas de 60 e 70, no Brasil. Itamar visava aquecer a venda de automóveis, tornando-os mais acessíveis aos brasileiros. A fábrica havia parado de fabricar o Fusca em 1978 e, a pedido do presidente, retomou sua fabricação (que cessou em 1996). O carro, apelidado de Fusca do Itamar, não atendeu às necessidades do povo, mas a ideia de popularização dos veículos foi adotada por outras fábricas.

O governo de Itamar foi curto (cerca de dois anos), mas foi o suficiente para levantar a economia nacional e, consequentemente, o orgulho dos brasileiros, ferido nos anos de chumbo da ditadura e destroçado no governo corrupto de Collor. Itamar alcançou índices tão altos de popularidade e aprovação, que seu apoio foi imprescindível para a eleição de seu Ministro e sucessor, Fernando Henrique Cardoso, nas eleições presidenciais de 1994.

Nenhum comentário:

Postar um comentário