cead20136

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Entenda a fórmula dos juros compostos

Conforme estudado no tópico juros simples, vimos que o valor dos juros apurado a cada período não é acrescentado ao valor principal, por isto, na prática tal modalidade de juros não é utilizada pelas instituições financeiras.
Vejamos a seguinte situação:
Alguém toma R$ 100.000,00 emprestados, a uma taxa de juros de 1% a.m., qual é o valor total que deverá ser pago após 100 meses?
Os dados para o cálculo dos juros são:
variáveis
Na modalidade de juros simples teríamos:
fórmula para a obtenção do juro simples
Para o cálculo do montante utilizaremos a fórmula:
fórmula para a obtenção do montante
Substituindo j pela fórmula do juro acima:
fórmula para a obtenção do montante
Substituindo o valor dos termos:
obtenção do montante
Ou seja, tomaríamos cem mil e pagaríamos duzentos mil. Cem mil de juros e mais cem mil referentes ao valor principal.
Você acha muito? Veja então o cálculo na modalidade de juro composto:
Os dados para o cálculo seriam os mesmos:
variáveis
Abaixo temos a fórmula para o cálculo na modalidade de juro composto:
montante obtido
Substituindo as variáveis:
obtenção do montante - juro composto
Isto é, pagaríamos um montante de R$ 270.481,38. A diferença de R$ 70.481,38 entre o cálculo realizado na modalidade juros simples e o cálculo na modalidade de juros compostos se refere aos juros que foram cobrados sobre os próprios juros apurados no período.
Na modalidade de juros compostos pagaríamos R$ 170.481,38 de juros, bem mais que os R$ 100.000,00da modalidade de juros simples. Esta diferença será percentualmente maior, quanto maior forem a taxa de juros e o período da operação.
Apenas a título de exemplo, os mesmos R$ 100.000,00 emprestados, a uma taxa de juros de 5% a.m., após 240 meses produzirão um juros total de R$ 1.200.000,00 na modalidade simples e deR$ 12.173.857.374,22 na modalidade composta.
Percebeu porque não é interessante se manter uma dívida de cartão de crédito ou de cheque especial por um longo período de tempo?
Fonte:www.calcularjuros.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário