cead20136

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Tecido Epitelial


Colégio Estadual Dinah Gonçalves
email accbarroso@hotmail.com



Tecido Epitelial de Revestimento
Tecido designa todo o conjunto de células que executam funções exclusivas. Para executar essas funções, as células semelhantes ou diferentes entre si que compõe o tecido trabalham em conjunto.

O tecido epitelial é um dos quatro tipos básicos dos tecidos animais, e tem por característica uma quantidade limitada de substância celular. Como suas células não possuem vasos sanguíneos, os nutrientes são recebidos através do tecido conjuntivo.

O tecido epitelial origina-se da ectoderme, mesoderme ou endoderme.

Encontrado na epiderme, na parede interna do nariz e da boca, nas glândulas salivares e em glândulas anexas da pele, o tecido epitelial possui origem ectodérmica.

Os de origem mesodérmica são encontrados no revestimento interno dos vasos sanguíneos, no revestimento interno do sistema urogenital e nas membranas que envolvem órgãos como o peritônio, as pleuras e o pericárdio.

Aqueles que se encontram no revestimento interno do tubo digestivo e das vias aéreas, no fígado, no pâncreas, na bexiga, na tireóide e paratireóide são de origem endodérmica.

Existem dois tipos básicos de tecido epitelial: de revestimento e glandular.

O tecido epitelial de revestimento cobre a superfície externa do corpo e as cavidades corporais internas dos animais, formando as glândulas. O tecido epitelial é formado por células bem encaixadas entre si, com o intuito de evitar a penetração de microorganismos e possuem muitas camadas de células para evitar a perda de água em excesso.

O tecido epitelial glandular forma as glândulas, produz e elimina substâncias necessárias nas superfícies do tecido.
www.mundoeducacao.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário