cead20136

domingo, 18 de setembro de 2016

Pirâmides

Pirâmides

Sejam uma região poligonal convexa A1A2A3...An, contida em um plano α. Consideramos todos os segmentos de reta que possuem em extremo pertencente à região poligonal e o outro extremo V:

A união de todos esses segmentos de reta é um poliedro chamado de pirâmide limitada ou simplesmente pirâmide de vértice V e base A1A2A3...An . Indicamos essa pirâmide por VA1A2A3...An.

Elementos da pirâmide

• O ponto V é chamado de vértice da pirâmide.

• A região poligonal A1A2A3...An é chamada de base da pirâmide, sendo A1,A2,A3,...An os vértices da base.

• O polígono A1A2A3...An que limita a base é chamado de polígono da base da pirâmide.

• As demais faces, exceto a base, são chamadas de faces laterais da pirâmide. Por exemplo, os triângulos A1VA2, A2VA3, A3VA4,... são faces laterais.

• Os lados da base são chamados de arestas da base da pirâmide. Por exemplo, , ... são arestas da base.

• As demais arestas, exceto as das bases, são chamadas de arestas laterais da pirâmide. Por exemplo, , são arestas laterais.

• A distância entre o vértice V e o plano da base é chamada de altura da pirâmide.

• A soma das áreas de todas as faces laterais é chamada de área lateral da pirâmide.

• A soma da área lateral com a área da base é chamada de área total da pirâmide.

Pirâmide Regular

Uma pirâmide é regular se, e somente seu polígono da base é regular e a projeção ortogonal de seu vértice sobre o plano da base é o centro da base.


Observe que em toda pirâmide regular as arestas laterais são congruentes entre si e as faces laterais são triângulos isósceles congruentes entre si.

Apótema de uma pirâmide regular

Chama-se apótema de uma pirâmide regular todo segmento de reta cujos extremos são o vértice da pirâmide e o ponto de um dos lados da base.




Note que o apótema da pirâmide regular é a altura de um triângulo isósceles que é face lateral da pirâmide.

Teorema de Pitágoras e a pirâmide regular

Em uma pirâmide regular, sejam:

• H a medida da altura;
• m a medida do apótema da pirâmide;
• r a medida do apótema da base;
• b a medida de uma aresta da base;
• ℓ a medida de uma aresta lateral;
• R o raio da circunferência circunscrita ao polígono da base.

Pelo teorema de Pitágoras, temos:



Volume de uma pirâmide qualquer

O volume V de uma pirâmide qualquer é igual a do produto da área B de sua base por sua altura H.

Um comentário:

  1. "Volume de uma pirâmide qualquer

    O volume V de uma pirâmide qualquer é igual a do produto da área B de sua base por sua altura H. "

    área do volume da pirâmide é dado por produto da área da base pela altura dividido por 3

    ResponderExcluir